Portal do Governo Brasileiro

Brasil nos JMM

O Brasil participa dos Jogos Mundiais Militares desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália. 

A evolução da participação dos atletas militares brasileiros, ao longo de 16 anos (1995 a 2011) é notoriamente crescente. Em Roma, o Brasil ocupou o 36º lugar no quadro de medalhas, enquanto em 2011, no Rio de Janeiro, ficou em 1º lugar, com 114 medalhas (45 ouro, 33 prata e 36 bronze).

Em 20 anos, o Brasil saiu da 36ª posição do quadro de medalhas para ocupar o posto de maior potência esportiva dos Jogos Mundiais Militares.

 
1995

Roma
(ITA)

1999

Zabreb
(CRO)

2003

Catânia
(ITA)

2007

Hyderabard
(IND)

2011

Rio de Janeiro
(BRA)

  36º 22º 15º 33º
 
 
  1 1   45
 
1 4 5 2 33
 
2 3   1 36

Para a sexta edição dos Jogos Mundiais Militares, na República da Coreia, a delegação brasileira almeja manter o resultado de sucesso alcançado na última edição do evento e ficar entre as cinco melhores posições no quadro geral de medalhas.

Para tanto, contará com a participação de 286 atletas de alto rendimento, disputando todas as modalidades dos Jogos.

Pela primeira vez, a equipe brasileira contará com quatro paratletas, nas competições de tiro com arco e atletismo. Ao todo, integram a delegação 177 homens e 109 mulheres das três Forças Armadas: Marinha, Exército e Aeronáutica.

 

Saiba mais

Atletas campeões

Veja a lista dos militares brasileiros que já subiram ao pódio nesta edição dos jogos

Agenda de Competições

Fique por dentro das próximas provas das equipes brasileiras nos Jogos Mundiais Militares

Carômetro

Saiba mais sobre a participação do Ministério da Defesa nos Jogos Militares