Portal do Governo Brasileiro

Atletas militares são condecorados com a Medalha Marechal Osório

Brasília, 25/08/2015 – Atletas militares que integram o Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas receberam nesta terça-feira (25) a Medalha Marechal Osório – O Legendário. A comenda é entregue em alusão ao Dia do Soldado, comemorado em 25 de agosto em diversas capitais do país.

Na cidade do Rio de Janeiro 30 esportistas foram agraciados. Desse total, 19 irão representar o Brasil nos Jogos Mundiais Militares que acontecem de 2 a 11 de outubro, na República da Coreia.

Nomes como Leonardo de Deus, ouro e bronze na natação durante os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá; Guilherme Toldo, prata na esgrima também em Toronto, e Jailma Lima, prata no Pan de Guadalajara, estavam entre os homenageados. Ainda foram agraciados representantes do atletismo, boxe, pentatlo moderno, taekwondo, tiro esportivo, triatlo, vôlei, além de outros atletas da esgrima e natação.

Já em Brasília (DF), a solenidade realizada no Quartel-General do Exército condecorou os esportistas da Força Terrestre, 3º sargentos Renzo Agresta, Rayssa Costa e Thiago Simon. Todos eles irão representar o país nos Jogos Mundiais Militares da Coreia.

Ouro no Pan-Americano de Toronto, o nadador Thiago Simon agradeceu, entusiasmado e feliz, ao Exército pelo distintivo. “Eu entrei este ano na Força. A medalha, para mim, é o mais alto marco onde consigo chegar. E eu cheguei. Agradeço por receber os valores militares, como o respeito. Todo atleta sai ganhando com isso em termos de competição”, disse.

Para o medalhista de bronze em Toronto, o esgrimista Renzo Agresta, “todo atleta é movido a reconhecimento”. “Ver que o Exército e as pessoas acreditam nos seus resultados a ponto de te homenagear é uma honra.” Ele ingressou na carreira militar em 2009, logo no primeiro edital do Programa Atletas de Alto Rendimento.

A também esgrimista Rayssa Costa concorda que a medalha é o reconhecimento do trabalho e esforço do dia a dia do atleta. “Tem uma frase que gosto muito, mas não sei a autoria que diz ‘eu posso ainda não estar lá, mas estou mais próximo do que ontem’”, filosofou. Ela foi bronze no Pan deste ano.

Instituída em 2008, a insígnia destina-se a premiar militares do Exército que apresentaram excelente desempenho funcional e se destacaram por excepcional preparo físico, demonstrado em testes de aptidão ou participação em competições nacionais e internacionais.

Atletas de Alto Rendimento

Atualmente, o Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas conta com 708 desportistas militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. São 167 de carreira e 541 temporários. O projeto é uma iniciativa do Ministério da Defesa em parceria com o Ministério do Esporte.

O objetivo é fortalecer a equipe militar brasileira em eventos esportivos de alto nível. A parceria entre os ministérios consiste ainda em apoiar os atletas com vistas à melhoria de desempenho, bem como na descoberta de novos talentos esportivos.

Por meio do programa, os desportistas recebem todos os benefícios da carreira militar como soldo, 13º salário, plano de saúde, férias, direito à assistência médica, além de acesso as instalações esportivas militares adequadas para treinamento. Os atletas também são beneficiados pelas bolsas Pódio e das categorias Olímpica, Internacional e Nacional do Ministério do Esporte.

Por Marina Rocha

Fotos: Felipe Barra e Gilberto Alves / MD
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4071

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo