Portal do Governo Brasileiro

Atletas militares das Forças Armadas desfilam no Sete de Setembro de Brasília

Brasília, 07/09/2015 – Durante o desfile de Sete de Setembro deste ano, um grupamento de atletas militares chamou a atenção do público. Em Brasília (DF), na Esplanada dos Ministérios, 45 esportistas integrantes do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas estiveram nesta manhã de feriado na formatura em homenagem à Independência do Brasil. O evento marcou a despedida oficial da delegação brasileira que irá disputar os 6º Jogos Mundiais Militares, no mês de outubro, na República da Coreia.

Entre os atletas estavam 12 medalhistas do último Pan-Americano. É o caso da 3º sargento da Marinha, Érika Miranda, Ouro no Judô. “É a primeira vez que desfilo. Vim com meu pai [Evandro] e ele gosta de assistir. Estou empolgada e a gente fica com sentimento de nacionalismo muito forte”, contou. Sobre os 6º Jogos na Coreia, ela diz estar com “as melhores expectativas possíveis”. “O Brasil está mandando os atletas mais fortes e essa competição não é fácil”, explicou.

Para o 3º sargento do Exército, Luciano Corrêa, Ouro no Judô, a experiência de participar da formatura cívico-militar é inédita também. “Tenho orgulho em ser do Exército e estar em um momento festivo é muito bom.”

Ele agradeceu o apoio que recebe das Forças Armadas. “O projeto é muito bom para incentivar o esporte”, destacou. Corrêa falou que está bem preparado para a competição esportiva militar de outubro. “Bate a ansiedade, mas vamos representar bem o país.”

Recepção

O grupamento de atletas que desfilou nesta manhã foi recebido no último domingo (6), no Batalhão da Guarda Presidencial de Brasília. Lá, assistiram à breve palestra acerca da instituição e receberam algumas orientações sobre a cidade e o desfile. Após a apresentação de Sete de Setembro, já retornaram para seus locais de origem.

Quem participou do evento, ainda, foi a 3º sargento da Força Aérea, Juliana Paula Gomes dos Santos, Ouro no Atletismo. “Estou a mil. Desfilei na época de escola e já assisti há dois anos aqui em Brasília”, contou. Juliana é casada há 12 anos com o também atleta militar, Marilson dos Santos, que esteve no grupamento.   

Falando a respeito de sua ida aos 6º Jogos na Coreia, Juliana mostrou-se otimista. “Quero fazer meu melhor, focando em bons resultados. Estou bem motivada.”

Programa e Jogos Mundiais

O Programa de Incorporação de Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas foi criado em 2008, numa iniciativa dos ministérios da Defesa e do Esporte. O objetivo foi fortalecer o esporte nacional, com vistas à participação do Brasil nos Jogos Olímpicos 2016. Atualmente, 708 militares integram o Programa Atletas de Alto Rendimento, sendo 167 de carreira e outros 541 temporários.

Nos 6º Jogos Mundiais Militares, o país irá com 286 atletas nas seguintes modalidades: atletismo; boxe; basquete; ciclismo; futebol; golfe; handebol; judô; maratona; pentatlo moderno, naval, militar e aeronáutico; orientação; natação; triatlo; vôlei; lutas associadas; taekwondo; tiro com arco; esgrima; paraquedismo; vela e tiro esportivo. Pela primeira vez, a equipe brasileira contará com quatro paratletas, nas competições de tiro com arco e atletismo.

Dos 45 homens e mulheres que desfilaram no grupamento desportivo na formatura de 7 de Setembro, em Brasília, 15 estarão na República da Coreia.

Por Marina Rocha

Foto: Gilberto Alves e Tereza Sobreira
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61 3312-4071

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo