Portal do Governo Brasileiro

Equipe masculina de basquete desembarca otimista na Coreia

Mungyeong, 29/09/2015 - Depois de 27 horas de viagem, a seleção brasileira masculina de basquete desembarcou nesta terça-feira (29/10), às 17h30 (horário local) – 5h30 de Brasília –, na República da Coreia, para a disputa dos 6º Jogos Mundiais Militares. A competição ocorre entre os dias 2 e 11 de outubro e deve reunir cerca de sete mil atletas de mais de 100 países.

 

“Foi muito cansativo, saímos do Rio de Janeiro no sábado”, afirmou o ala/pivô, o sargento da Aeronáutica, André de Souza Silva.    

O primeiro compromisso do basquete brasileiro é no sábado (03/10) contra a equipe do Quatar. Os jogadores estão otimistas quanto a um bom resultado na competição, apesar de apontarem como principais adversários os Estados Unidos, Grécia e a própria anfitriã, Coreia. 

“Vamos lutar para manter o título de campeão conquistado no Rio de Janeiro, na 5º edição dos Jogos. Apostamos no entrosamento como ponto forte do time”, ressaltou o ala André de Souza Silva. 

Também chegaram à Coreia nesta terça-feira o chefe da delegação brasileira, brigadeiro Carlos Augusto Amaral Oliveira, diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, árbitros (tiro, judô, pentatlo moderno, vôlei e futebol), e membros do CISM (Conselho Internacional do Desporto Militar).

Do aeroporto internacional de Ichoen, os atletas e integrantes da delegação se espalharam pelas três vilas olímpicas onde estarão abrigados. 

Amanhã (30) o Brasil estreia no futebol masculino contra o Canadá. A partida acontece em Andong, às 15h (horário local). Medalha de bronze nos 5º Jogos Mundiais Militares, realizados em 2011, o time brasileiro integra o Grupo B, ao lado do Egito, Oman, Guiné e Canadá.

Ontem (28) desembarcaram também a equipe do judô e vôlei feminino. O brigadeiro Amaral, em conversa durante o deslocamento, afirmou que a meta do Brasil é ficar entre os cinco primeiros países no ranking de medalhas.

“A meta que traçamos é estarmos entre os cinco primeiros. Temos time para isso”, assegurou.

Texto: Tenente Flávio Nishimori, FAB
Fotos: CDMB
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61  3312-4071   

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo