Portal do Governo Brasileiro

Júlio de Oliveira garante segunda medalha do Brasil no atletismo

Mungyeong, 05/10/15 – O sargento do Exército Júlio César Miranda de Oliveira garantiu a segunda medalha do Brasil no atletismo, no lançamento do dardo. Júlio liderava a prova, com a marca de 78,62 metros, quando foi superado pelo último lançamento do finlandês Ari Mannio, que alcançou 79,78 metros. No domingo, a sargento Jucilene Sales de Lima, também do Exército, havia ficado com a prata, na prova feminina do lançamento do dardo.


“Achei que foi uma prova muito concorrida. Tinha quatro ou cinco atletas que poderiam ganhar. Meu último lançamento foi o melhor, mas acho que fui com muita raça e não consegui segurar o lançamento, acabei queimando. Mas estou muito feliz com a medalha de prata”, declarou o atleta, já com a mais nova medalha no peito. Júlio foi medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos de Toronto, além de sete vezes campeão brasileiro do esporte.

Vôlei, basquete e futebol avançam, equipe de pentatlo militar chega ao primeiro lugar

Os jogadores de voleibol do Brasil não perderam um set sequer nesta segunda-feira. A equipe feminina venceu por 3 a zero do Canadá, enquanto a equipe masculina ganhou pelo mesmo placar da Venezuela. No basquete masculino, o Brasil venceu a França por 76 a 51. Nesta terça-feira (06/10), a equipe enfrenta a Grécia, última partida para assegurar vaga nas quartas de final.

Já no Pentatlo Militar, a equipe masculina segue forte na disputa por medalhas individuais e por time. Com o acumulado das provas de tiro, pista de pentatlo militar e natação utilitária, o time masculino chegou ao primeiro lugar. Ainda faltam ser realizadas as provas de lançamento de granada e corrida através do campo. No individual, o tenente do Exército Douglas de Castro Jacinto está em terceiro lugar.

No boxe, até o momento, dois brasileiros venceram as lutas e seguem na competição. O sargento da Marinha Paulo Santos Carvalho venceu He Jujun, da China, na categoria até 49 kg. Já o sargento da Marinha Joedison de Jesus Teixeira venceu Thomash Mayengbam Meitei, da Índia, na categoria até 64 kg. Brasil e Alemanha empataram no futebol feminino, com o placar 1x1. No handebol masculino, o Brasil perdeu do Egito por 30 a 18.

Texto: Tenente Larissa Lima
Foto: Felipe Barra
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo