Portal do Governo Brasileiro

O ouro, primeiro em seis edições, veio com a vitória do sargento Renzo Agresta na esgrima

Mungyeong, 06/10/2015 – O sargento do Exército Renzo Agresta fez história nesta terça-feira (06) ao ganhar a primeira medalha para o Brasil na esgrima em edições de Jogos Mundiais Militares. A conquista inédita veio logo com um ouro, ao vencer por 15 a 4 o italiano Giovanni Repetti, na arma sabre, no KAFAC Indoor Courts, em Mungyeong, na República da Coreia.

“Estou muito feliz. Acredito que essa medalha representa o momento de evolução pelo qual a esgrima vem passando. É uma experiência incrível. É o melhor resultado da minha carreira”, comemora Agresta.

Mal conquistou a medalha, o atleta já embarcou para a Georgia, onde disputa, nos próximos dias 9  e 10 de outubro, a Copa do Mundo da modalidade. “Vou participar deste torneio que conta pontos para os Jogos Olímpicos. Viajar com uma medalha  de ouro é sempre mais prazeroso”, conclui.

Para o chefe da equipe de esgrima, major do Exército Fábio Loureiro, a medalha de ouro deve servir para incentivar  o esporte no Brasil.

“Essa conquista  sintetiza todo um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2011, era um resultado que estávamos precisando. O número de praticantes de esgrima vem crescendo no Brasil  e uma medalha como esta certamente ajuda a difundir ainda mais o esporte no país”, analisa o major Loureiro.      

Texto: Tenente Nishimori
Fotos: Felipe Barra

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61  3312-4071    

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo