Portal do Governo Brasileiro

Equipes de voleibol entram em quadra pela medalha de ouro na Coreia

Andong, 09/10/15 – Chegou a hora da decisão. As equipes de voleibol feminino e masculino do Brasil entram em quadra neste sábado, dia 10, para disputar a medalha de ouro nos 6º Jogos Mundiais Militares, na República da Coreia. As brasileiras enfrentam as arquirrivais da China, reeditando a final dos últimos Jogos Mundiais Militares, em 2011, no Rio de Janeiro.

Em casa, o time brasileiro conseguiu a vitória. Quatro anos depois, no primeiro jogo na República da Coreia, no dia 3 de outubro, as chinesas levaram a melhor, ganhando por três sets a dois. Agora, a revanche das brasileiras vale medalha de ouro, na quadra de Gimcheon, às 15 horas do horário local.

Já a equipe masculina enfrenta o time do Egito, depois de ter vencido a Coreia por três sets a dois. Tanto a final masculina quanto a feminina serão realizadas na cidade de Gimcheon. As mulheres competem às 15 horas, e os homens às 17h30, horário local.

Basquete perde para Qatar e entra na briga pelo bronze

A equipe de basquete perdeu na semifinal para o Qatar na tarde desta sexta-feira (9), em Andong, após um jogo nervoso. Os brasileiros perseguiram o placar do time adversário cesta a cesta, por quase toda a partida. Quando faltavam quatro minutos e 17 segundos para o final do terceiro tempo, conseguiram ultrapassar brevemente o outro time, para voltarem a ficar atrás na pontuação.

Muitas faltas marcadas contra e a favor do Brasil quebraram o ritmo do jogo, numa rivalidade nascida já no início dos jogos. O basquete brasileiro havia ganhado do Qatar no dia 3 de outubro, num placar apertado: 77 a 75, decidido nos minutos finais do jogo. Dessa vez, os adversários mantiveram a liderança até o fim, fechando o jogo por 60 a 55. Neste sábado, o Qatar enfrenta a Grécia pelo ouro, e o Brasil disputa a medalha de bronze com a Coreia, a partir das 16 horas.

“Sabíamos que ia ser um jogo muito duro. O Qatar mostrou a que veio no primeiro jogo. Eles mantiveram o foco e conseguiram vencer os Estados Unidos nas quartas de final e vieram com força. Nosso time marcou muito bem, segurou muito, se entregou muito, mas o que vence é a bola na cesta”, avaliou o chefe da equipe, o tenente da Força Aérea, Julio Cesar Silva Maciel.

Ao final da partida, os brasileiros cumprimentaram o time adversário pela vitória. “O basquete deles é muito forte, assim como o nosso. Fizemos um grande jogo e temos que parabenizar a equipe deles. Isso é a amizade através do esporte”, acrescentou.

Mais modalidades na busca por medalhas

O futebol feminino entra em campo contra a equipe da França às 11 horas (horário local) em Mungyeong, pelo lugar mais alto no pódio.  No boxe, o sargento Paulo Santos Carvalho, da Marinha, luta pelo ouro contra o coreano Jeong Ung Park, na categoria até 49 kg. Além disso, mais onze medalhas douradas serão disputadas na natação. Os atletas do triatlo terão neste sábado (10) seu único dia de competição, enquanto orientação e tiro terão seu último dia nos Jogos.

A natação brasileira voltou ao pódio na noite dessa sexta-feira (09).

Das piscinas de Gimcheon, na República da Coreia, saíram mais três medalhas de ouro, uma prata e um bronze para os militares brasileiros. Amanhã (10), os nadadores voltam a competir na última etapa da modalidade dos 6º Jogos Mundiais Militares.

Ouro

200m livres masculino – sargento do Exército Nicholas Nilo Cesar de Oliveira

50m costas – sargento da Marinha Etiene Medeiros

Revezamento 4x100m – sargentos Nicholas Nilo Cesar de Oliveira, Henrique Martins, Larissa Martins de Oliveira e Graciele Herrmann

Prata

200m Medley masculino – sargento do Exército Henrique Cavalcanti

Bronze

200m Medley masculino - sargento do Exército Thiago Teixeira

200m livres feminino - sargento do Exército Manuella Lyrio

 

Texto: tenentes Larissa Lima e Rodrigo Streb
Fotos Basquete: sargento Johnson Barros
Fotos Vôlei: Felipe Barra / MD

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
61  3312-4071   

Saiba mais

Brasil nos JMM

Veja a evolução da participação dos atletas militares brasileiros desde a primeira edição, realizada em 1995, na Itália

Defesa e Esporte

Entenda a relação entre o esporte e as Forças Armadas e os caminhos que o Brasil traçou para ser uma potência esportiva militar

Mundial Militar

Entenda a importância dos Jogos Mundiais Militares, um evento que se tornou o terceiro maior evento esportivo do Mundo