Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Ministro da Defesa cumprimenta atletas militares que ganharam mundial de revezamento 4x100m no Japão

imagem 01

Brasília (DF) – O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, recebeu, nessa segunda-feira, dia 20 de maio, os atletas brasileiros medalhistas de ouro no Campeonato Mundial de Revezamento masculino 4x100, ocorrido em Yokohama, no Japão. A equipe, que trouxe o primeiro lugar inédito para o Brasil na modalidade, é formada pelos militares integrantes do Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR) do Ministério da Defesa. São eles os sargentos Paulo André de Oliveira, da Marinha; Rodrigo Nascimento e Vitor Hugo Mourão, do Exército Brasileiro; e Jorge Vides e Derick Silva, da Força Aérea Brasileira.

A equipe venceu a final do Mundial com o tempo de 38´05". Essa foi a melhor marca do mundo nesta temporada, superando a equipe dos Estados Unidos por dois centésimos (38´07"). “Eu fiquei muito emocionado com o final da prova. Entendo pouco, mas acredito que foi tecnicamente perfeito, pois sei que não é só velocidade. Esse resultado fantástico vem coroar o trabalho da Confederação Brasileira, dos clubes e do PAAR”, destacou o Ministro da Defesa durante os cumprimentos aos atletas. Na ocasião, também estiveram presentes o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, Warlindo Carneiro da Silva Filho; o atleta da marcha atlética e sargento da Aeronáutica, Caio Bonfim; e o treinador da equipe, Luiz Felipe de Siqueira.

Na classificação geral, com apenas três equipes, o Brasil terminou em sexto lugar, com 16 pontos, ficando à frente de equipes tradicionais como China, Itália, França e Grã-Bretanha. De acordo com o sargento do Exército, Rodrigo Nascimento, é "gratificante colocar o Brasil no primeiro lugar". Ele assegura, ainda, que, sem a ajuda das Forças Armadas, o ouro não seria possível. "Esse apoio é essencial para garantir o rendimento. Manter um atleta é caro e se não fosse o PAAR, eu não conseguiria chegar até aqui", afirmou.

Na competição 4x100m feminino, o Brasil terminou na quarta colocação, com 43´75", ficando atrás somente dos Estados Unidos (43´27"), da Jamaica (43´29") e da Alemanha (43´68"). A equipe foi formada pelas atletas Ana Carolina Azevedo, Lorraine Martins, Franciela Krasucki e Vitória Rosa. As atletas Lorraine e Vitória são militares do PAAR. "Foi minha primeira seleção adulta, estar ali com meninas mais experientes foi uma experiência incrível. Agora é treinar para revezamento e dar o nosso melhor", disse Lorraine.

Com esses resultados as equipes masculina e feminina classificaram-se para o Campeonato Mundial de Doha, no Catar, que acontecerá no final de setembro.

7JMM

Em outubro, ocorrerão os 7º Jogos Mundiais Militares, na China. O evento é uma oportunidade de classificação para as Olimpíadas de Tókio em 2020. De acordo com o sargento da Marinha, Paulo André Oliveira, “2019 é um calendário cheio por ser ano pré-olímpico e toda equipe vai se preparar e se dedicar para trazer mais uma medalha para o Brasil".

O diretor do Departamento de Desporto Militar, General de Divisão Jorge Antônio Smicellato, afirmou que a expectativa é que a delegação brasileira fique entre as três melhores da competição. "Essa medalha de ouro no revezamento nos mostra que o grupo nacional está em caminho muito bom. Além disso, uma equipe com militares integrantes do PAAR indica que nós vamos ter um excelente desempenho nos Jogos Mundiais Militares".

 

imagem 02    
     
     
Fonte: Ministério da Defesa