Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Militares atletas brilham no segundo dia da natação em Lima

Brasília, 08/08/2019 - Depois das seis medalhas conquistadas no primeiro dia de finais nos Jogos Pan-Americanos de Lima, na terça-feira (6), o Brasil continuou brilhando nas águas e faturou mais seis, na quarta-feira (7).

Nos 200m livre, o Sargento do Exército Fernando Scheffer foi o campeão, com a marca de 1min46s6 e fez dobradinha no pódio com outro brasileiro, Breno Correia, que cravou 1min47s47 e conquistou a prata. O norte-americano Drew Kibler completou o pódio com 1min47s71.

À direita, Sargento Fernando Schoffer, ouro nos 200m livre. O atleta Breno Correia ficou com o bronze


Os dois brasileiros, que fazem parte da nova geração de nadadores do País e já haviam conquistado medalhas no dia anterior, brigarão pelo pódio na sexta-feira (09), no revezamento 4x200m.

O Sargento do Exército Leonardo de Deus, que na terça conquistou o tricampeonato dos 200m borboleta em Jogos Pan-Americanos, competiu, na quarta, a prova dos 200m costas e faturou o bronze. Mesmo sendo uma prova que não é sua especialidade, o militar atleta cravou 1min58s73, logo atrás dos norte-americanos Daniel Carr (1min58s13) e Nicholas Alexander (1min58s30). Também participou desta final dos 200m costas, o Sargento da Marinha do Brasil Brandonn Almeida, que ficou em 6º lugar na prova.

Sargento Leonardo de Deus, do Exército, garante medalha de bronze nos 200m costas


Medalha de bronze também nos 200m livre feminino na quarta-feira. Medalhista de prata no revezamento 4x100m livre na terça, a Sargento do Exército Larissa Oliveira chegou em terceiro lugar, com 1min59s78, atrás das norte-americanas Claire Rasmus (1min58s64) e Meaghan Raab (1min58s70), ouro e prata, respectivamente.

Sargento Larissa Oliveira, do Exército, ganha medalha de bronze nos 200m livre


A equipe brasileira de revezamento 4x100m livre misto também fez bonito. Composta pelas Sargentos Etiene Medeiros, da Marinha do Brasil, e Larissa Oliveira, do Exército Brasileiro, e pelos atletas Breno Correia e Marcelo Chierighini, marcou 3min25s97 de prova, ficando atrás somente dos Estados Unidos (3min24s84). O México completou o pódio com o tempo de 3min31s36.

Sargento Larissa Oliveira, do Exército, e Sargento Etiene Medeiros, da Marinha, alcançaram a prata no Revezamento Misto, junto aos atletas Breno Correia e Marcelo Chierighini


Vale ressaltar o desempenho da Sargento da Marinha Fernanda de Goiej, que nadou os 200m costas e não foi ao pódio, mas cravou 2min11s95, novo recorde sul-americano, e terminou na quarta posição.

Nestes dois dias de provas em Lima, a natação nacional já soma 12 pódios e ruma para a quebra do recorde de 26, conquistados nas edições do Rio 2007 e Toronto 2015. Até o próximo sábado, muitas águas vão rolar na piscina do novíssimo centro aquático da capital peruana.

 

Por Maristella De Luca Marszalek

Fotos: Pedro Ramos/Rede do Esporte