Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Militares atletas contribuem para a melhor campanha da natação brasileira na história de um Pan

A natação brasileira encerrou sua participação no Pan de lima com chave de ouro, literalmente. No sábado (10), último dia de competições da modalidade, o Sargento Guilherme Costa, da Marinha do Brasil foi o campeão dos 1500m estilo livre, ao cravar 15min09s93. Com ele, o Brasil conseguiu o sonhado 53º ouro em Lima, superando seu melhor resultado em medalhas douradas na história do evento, que foi 52 no Rio-2007. O norte-americano Nicholas Sweetser, com o tempo de 15min14s24, ficou com a prata e o mexicano Ricardo Vargas Jacobo, com 15min14s99, completou o pódio.

Sargento Guilherme Costa, da Marinha do Brasil ouro nos 1500m estilo livre. Foto: AFP


No revezamento 4x100m medley masculino, o Brasil levou a prata, com 3m30s98. O Sargento João Luiz Gomes, da Marinha do Brasil, integrou a equipe. O lugar mais alto do pódio ficou com os Estados Unidos (3m30s25), enquanto a Argentina foi a terceira 3m38s41.

Sargento João Luiz Gomes (MB), juntamente com a equipe do revezamento 4x100 medley, na conquista da medalha de prata. Foto: Record TV


Já no revezamento feminino 4x100m, o quarteto feminino composto pelas Sargentos Etiene Medeiros, da Marinha, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira, do Exército, e Jhennifer Conceição, da Força Aérea faturou o bronze, com o tempo e 4m04s96, sendo superada por Estados Unidos (3m57s64) e Canadá (4m01s90).

A equipe verde e amarela fechou sua participação em Lima com 29 medalhas (10 ouros, 9 pratas e 10 bronzes), sendo que 24 (8 ouros, 6 pratas e 10 bronzes) delas foram conquistadas por atletas do Programa Alto Rendimento (PAAR) das Forças Armadas.

Por: Maristella De Luca Marszalek

Fotos: AFP e Rede do Esporte