Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Equipe Brasileira de Judô faz aclimatação em Hamamatsu

Como parte do treinamento para os 7o Jogos Mundiais Militares (7º JMM), a seleção de judô da Comissão Desportiva Militar do Brasil já está no Japão, juntamente com a seleção brasileira da modalidade, para a fase final de preparação para o Campeonato Mundial de Judô, que acontecerá no período de 25 de agosto a 1º de setembro. 

No total, a delegação brasileira conta com 32 atletas, entre convocados para disputar o Mundial e atletas para apoio nos treinos. Militares atletas são um total de 20, das três Forças Armadas. Praticamente a metade deles, esteve presente nos Jogos Pan-Americanos de Lima, onde conquistaram nove medalhas. As Sargentos da Marinha do Brasil Rafaela Silva e Larissa Pimenta, e o Sargento do Exército Eduardo Yudy, que foram ouro no Peru, estão entre eles.

A equipe está concentrada em Hamamatsu, a 250km de Tóquio, para o período de aclimatação ao fuso-horário e últimos treinos antes do campeonato. A cidade abriga a maior colônia de brasileiros no Japão e a prefeitura local, em parceria com a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), preparou tudo para que os judocas brasileiros sintam-se em casa. A operação servirá ainda como teste para os Jogos Olímpicos, já que a cidade será a base do judô também para Tóquio 2020.

Para auxiliar no processo de adaptação, a comissão técnica da CBJ planejou a logística de treinos e alimentação em detalhes a fim de garantir que os atletas alcancem seu melhor desempenho na reta final de preparação para a competição mais importante da modalidade no ano.