Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Concentração do TIME MILITAR BRASIL para os 7° Jogos Mundiais Militares


Nos 7° Jogos Mundiais Militares, que serão realizados em Wuhan, na China, de 18 a 27 de outubro, o Time Militar Brasil participará com 353 atletas, que disputarão 29 modalidades. A delegação é composta por atletas militares de carreira e, na sua maior parte, por integrantes do Programa de Atletas de Alto Rendimento das Forças armadas (PAAR).

Toda a equipe brasileira se reunirá no Rio de Janeiro entre os dias 6 e 17 de outubro, nas Comissões de Desportos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, para um evento de concentração antes da viagem para a China. Neste período, os atletas participarão de treinos centralizados e de palestras motivacionais, terão orientações sobre medidas administrativas em relação à viagem, receberão os uniformes oficiais e contarão com apoio técnico e psicológico.

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva e o Presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil (CDMB), General Jorge Antonio Smicelato, estarão acompanhando as atividades.

“Nesses dias de concentração, desejamos que as equipes façam seus últimos ajustes, pensando não somente em medalhas, mas focados em bem representar o Brasil, eternizando em nossa memória, o período feliz que passaremos na China”, disse o General Smicelato.

Para o Presidente da CDMB, o desporto militar, em suas diversas vertentes praticadas nas Forças Armadas, além de ferramenta essencial para o desenvolvimento pessoal do militar e do cidadão, é instrumento de fortalecimento da confiança da população nas Forças Armadas brasileiras.

“Durante esta sétima edição dos Jogos Mundiais Militares, teremos a oportunidade de demonstrar, no extremo oriente, as nossas características e qualidades diante dos olhos das nações amigas e do mundo”, completou.

Realizados desde 1995, a cada quatro anos, os Jogos Mundiais Militares estão sob responsabilidade do Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM) e, têm como objetivo principal a contribuição através de atividades esportivas para o estabelecimento de relacionamentos amigáveis entre os esportistas de todas as Forças Armadas dos países membros do Conselho (140), contribuindo, assim, para a paz mundial. Além disso, vale destacar a excelente oportunidade de treinamento para os jogos olímpicos, uma vez que os JMM acontecem sempre um ano antes deles.