Seu Navegador não suporta JavaScript!
Portal do Governo Brasileiro

Superação no Taekwondo garante medalha de bronze pro Brasil

Wuhan (China), 25/10/2019 - No dia 23 de outubro, a sargento do Exército Brasileiro Gabriele Siqueira, militar atleta do Taekwondo, categoria acima de 73 kg, conquistou a medalha de bronze para o Brasil mesmo com as duas mãos lesionadas.

Da esq. para a dir. Avoulette Solene (França, prata), Osipova Svetlana (Usbequistão, ouro), Gabriela Siqueira (Brasil, bronze) e Muzychka Olga (Rússia, bronze).

Durante a disputa pelo terceiro lugar, a sargento Siqueira lutou mesmo com muitas dores nas mãos. A militar estava com o ligamento da mão esquerda rompido e acabou fraturando a mão direita enquanto buscava vaga para a final.

É a primeira vez que Gabriele Siqueira disputa uma edição dos Jogos Mundiais Militares: “tive lutas muito difíceis, na primeira, acabei machucando meu dedo, com o rompimento do ligamento da mão direita. Passei na minha segunda luta contra a Alemanha. Na terceira luta eu tomei um chute na mão e acabei fraturando a mão esquerda e perdendo. Na disputa do bronze eu superei as dores e sabia que tinha que ir atrás da medalha. Dei meu máximo, superei. Fiquei feliz com o resultado, queria a medalha de ouro, claro, mas a medalha conquistada tem o gostinho de ouro por conta de toda superação que passei”.

A sargento Siqueira é atleta participante do Programa Atletas de Alto Rendimento das Forças Armadas desde 2013. “O programa é o que me mantém no esporte até hoje. Muita coisa mudou na minha vida. Toda minha evolução dentro do esporte eu devo totalmente a esse programa, umas das melhores coisas que aconteceram em minha vida”, destaca.

A militar está recebendo todo o suporte necessário pela equipe médica brasileira presente na China e pela determinação dessa sargento, temos certeza de que, muito em breve, Siqueira estará disputando mais medalhas.

Por Capitão Leciane Moreira Dias
Foto: Tenente Giodani